National Cancer Institute destaca efeito anti-cancerígeno dos canabinóides

No mês de junho, o National Cancer Institute (NCI), dos Estados Unidos, destacou o papel dos canabinóides no combate à células cancerosas. Pouco se ouviu falar da notícia, mas o Publius, grupo de autores do livro The Cannabis Papers: a citizen’s guide to cannabinoids, fez questão de compartilhar a informação.

“Estamos felizes em ver o NCI publicando oficialmente essa informação após 37 anos em que eles próprios noticiaram pela primeira vez as propriedades anti-cancerígenas da canábis”, comemora Stephen Young, membro do Publius.

O NCI já havia publicado um estudo em 1975, onde relatava a atividade anti-cancerígena dos canabinóides. Os pesquisadores agora buscam estabelecer como isso ocorre e afirmam que os “canabinóides podem causar efeitos anti-tumorais através de diversos mecanismos, incluindo a indução da morte celular, inibição do crescimento das células e do processo de metástase”.

As novas atualizações publicadas pela NCI mostram como os agentes canabinóides combatem especificamente os cânceres de mama, cólon e de pulmão.