Drogas e Direitos Humanos em debate com Renato Cinco na UFF

Drogas e Direitos Humanos: O papel do município nas políticas sobre drogas

  • Renato Cinco – Sociólogo e organizador da Marcha da Maconha

Quinta-feira, 04/10 – 18:00h
ICHF – Sala 516 (5º andar)

Queremos construir uma reflexão crítica às atuais políticas de drogas, de “segurança” e de “assistência” que tem sido impostas, em especial no Rio de Janeiro. Políticas como a internação compulsória apresentam-se mais refinadas que o simples genocídio da população pobre e trabalhadora, mas ainda com o mesmo caráter de apartheid social e com igual brutalidade. Pensar um projeto que combata essa lógica é um desafio para todxs que lutam por justiça social e pelo respeito aos direitos humanos.

Existe uma profunda relação entre as principais políticas relacionadas às drogas e as políticas voltadas à segurança pública e gestão das cidades, que se estabelecem através da guerra às drogas. No Rio de Janeiro, que tem uma história da ocupação da cidade marcada pelas relações de desigualdade social e criminalização da pobreza, fica ainda mais evidente como a política de guerra às drogas é na verdade uma política de guerra aos pobres.

Num contexto mais atual , vemos um projeto de cidade que demanda a urgente expulsão das populações pobres para as áreas periféricas ao centro da cidade para dar lugar aos mega-investimentos imobiliários, turísticos, construindo de cima pra baixo uma cidade boa pra vender, pra fazer negócio, mas sem qualidade pra quem mora, estuda e trabalha.

Esse não é o projeto que defendemos. Nosso projeto de cidade vai ser construído em debate, na base da sociedade, tendo como horizontes a igualdade, a liberdade e a democracia ampla e direta. Esse é, principalmente, um convite pra começarmos a construir esse debate.