Pré-vestibular popular no DCE – UFF abre caminho para as universidades públicas

Para passar em vestibulares concorridos não é preciso gastar fortunas em mensalidades de cursos preparatórios. Hoje existem pré-vestibulares comunitários que oferecem oportunidades para a população de baixa renda cursar o ensino superior. A Universidade Federal Fluminense, além de ter vários alunos que passaram por esse tipo de pré-vestibular, apóia a iniciativa e cede seu espaço para que muitos destes cursos possam se realizar. Os pré-vestibulares sociais são uma alternativa para alunos de escola pública e de baixa renda que desejam ingressar em uma universidade pública. Os cursos geralmente têm duração de um ano e são gratuitos. O objetivo é preparar os alunos para competir em igualdade com os demais vestibulandos que vêm de escolas particulares e tiveram um melhor preparo para competir por uma vaga na universidade. Um exemplo é o Pré-Vestibular Social do Morro do Estado, um curso que surgiu em 2009, baseado nas teorias educacionais de Paulo Freire. Além de prepará-los para o vestibular, o pré – comunitário forma cidadãos com capacidade crítica e de reflexão. O pré-vestibular do Morro do Estado tem parceria com a Coordenadoria de Seleção (Coseac) e o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da universidade, permitindo assim que o curso seja totalmente gratuito.

É papel do DCE fortalecer esses instrumentos que ajudam a democratizar o acesso à universidade.  O prédio do DCE provavelmente passará por reforma no próximo período e é importante que pensemos em como otimizar o pré-vestibular comunitário e também como torná-lo mais atrativo e com mais estrutura para que seu corpo docente se sinta estimulado a se dedicar a esse importante projeto. Na prática, fortalecer o pré-vestibular comunitário é ajudar a democratizar a UFF!