SENAD passa por reformulações e defensor público assume o cargo de secretário nacional de Política sobre Drogas

vitore andre

Defensor de SP é oficializado novo secretário de Política sobre Drogas

O defensor público de São Paulo Vitore André Zílio Maximiano foi oficializado novo secretário Nacional de Política sobre Drogas, em portaria publicada nesta segunda (22) no Diário Oficial da União. Ele havia sido anunciado no início do mês pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Atuando até então como 2º subdefensor público-geral do Estado, Maximiano pediu afastamento do cargo no dia 12, e a solicitação foi atendida pela defensora pública-geral do Estado, Daniela Cembranelli.
A assessoria do ministério da Justiça afirma que a saída de Paulina do Carmo Duarte da secretaria não é relacionada com algum desentendimento interno sobre o financiamento, por parte do governo, de entidades terapêuticas para atendimento a dependentes químicos. Segundo a pasta, Paulina pediu para deixar o cargo por ter sido designada a ocupar um posto relacionado a combate a drogas na Organização dos Estados Americanos (OEA) e que teve apoio de Cardoso para isso.
Vitore Maximiano foi procurador e passou a atuar na Defensoria a partir de 2006, quando o órgão foi criado em São Paulo, informou a assessoria de imprensa da Defensoria.  É mestre em direito do Estado pela PUC-SP e também atua como professor.
Foi o mais votado pela categoria em 2006 e 2008 para comandar a Defensoria Pública paulista, mas, dentre uma lista tríplice, não foi escolhido pelos governadores Geraldo Alckmin e José Serra nas duas ocasiões.
Fonte: G1