Jamaica descriminaliza a maconha

jamaica

A ilha mais conhecida e desejada pelos regueiros descriminaliza a maconha e junta-se ao time de países que não punem mais seus usuários

A descriminalização da maconha, que estava em discussão na Câmara dos Deputados da Jamaica há meses, foi aprovada na última terça feira. O projeto foi alvo de grande debate e discussão, pois opositores à descriminalização eram fortes e faziam pressão para que o projeto não fosse aprovado. Entretanto, a maioria da casa deu apoio ao projeto do deputado Raymond Pryce e aprovou a mudança que descriminaliza o uso e posse da maconha no país.

Embora aceita socialmente pela população, a maconha é regida por leis proibicionistas bastante rigorosas na Jamaica. Por fazer parte da identidade cultural jamaicana, associada ao reggae e rastafarianismo, os Estados Unidos sempre exerceram forte pressão para que a ilha caribenha mantivesse a proibição e colaborasse com a Guerra às Drogas. Os ianques nunca subestimaram o diminuto tamanho do país, que possui grande potencial de projetar a maconha na cultura pop mundial.

Ao encerrar o debate na Câmara, Pryce enfatizou que o projeto pede a eliminação de sansões penais com um monitoramento e regulamentação adequada para a ganja. Ele argumentou que décadas de proibição não surtiram efeito nenhum na diminuição do consumo e comércio, e que é preciso adotar novas medidas para acompanhamento e tratamento médico como parte de um novo regime. O projeto de Pryce refletiu uma das principais recomendações da Comissão Nacional sobre Canábis, que em 2001 apresentou um relatório completo sobre a situação da erva no país.

A mudança da lei na Jamaica está em perfeita sintonia com a crescente tendência global que já fez inúmeros países descriminalizarem e por vezes até mesmo legalizarem o uso da maconha, Suíça e Romênia estão entre os mais recentes países a adotar tais medidas. Ainda que a maconha esteja longe de ser legalizada no país, os usuários que forem pegos consumindo ou portando erva não precisarão mais sujar suas fichas criminais ou sofrer processos penais.

Esta é uma medida invejável que poderia muito bem ser copiada pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro, com o julgamento da RE 635659. Aqui no Brasil esta mudança traria melhorias incalculáveis e levaria o debate da legalização a outro nível. Infelizmente, além de termos um judiciário lento e conservador, ainda temos que lutar contra o PLC 37/2013 (antigo PL 7663/10) – que intensifica a proibição e institui a internação compulsória. É um processo lento e doloroso pelo qual precisamos passar e vencer. O que nos resta é buscar força e inspiração nas recentes mudanças globais e continuar lutando pra mudar nossa realidade em terras tupiniquins.

Fonte: Charas – Cultura Canábica

Uma resposta para “Jamaica descriminaliza a maconha

Comentários:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s