Assine a petição; Liberdade para os estudantes da UFSJ presos por plantar maconha em casa

queremos nossos amigos
Às autoridades que julgarão os três estudantes da UFSJ: Pelo direito de responder em liberdade!

“No dia 29 de outubro de 2014, por volta das 17h, a Polícia Militar entrou na República Manada com um mandado e deteve três moradores, estudantes da UFSJ em Minas Gerais (Universidade Federal de São João del Rei). Ricardo Diniz, Elias Rosa e Michel Fernandes. Na busca, após vasculharem a casa toda, encontraram um pé de maconha e uma pequena quantidade dela.

Os três estudantes são réus primários, sem passagem pela polícia. Elias e Ricardo são usuários. Michel nunca sequer usou maconha. Neste momento, os três encontram-se no presídio de São João del-Rei, o Mambengo, e poderão aguardar até seis meses para um julgamento que dirá se são culpados ou inocentes.

Trazemos a tona essa situação para que a Justiça se sensibilze ao fato de que eles nunca traficaram, sendo que um deles sequer é usuário.

Cabe ressaltar que o estudante Elias Rosa foi classificado em 2° lugar no processo seletivo de vestibular, e o discente Ricardo Diniz em 3° colocação. Sendo que os três discentes apresentam um bom rendimento acadêmico, bem como uma postura disciplinar, não pesando sobre eles qualquer medida disciplinar relacionada a vida acadêmica.

Esta petição tem por princípio pedir que as autoridades concedam aos estudantes o direito de responder em liberdade às acusações.

Agradecemos a ajuda de todos os amigos, familiares, colegas de universidade, professores e todos aqueles que acreditam que a justiça pode ser feita pela força da verdade. Queremos liberdade para os nossos amigos!”

Assine a petição aqui : Assine a petição;Liberdade para os 3 estudantes da UFSJ presos por plantarem cannabis 

Uma resposta para “Assine a petição; Liberdade para os estudantes da UFSJ presos por plantar maconha em casa

  1. A LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE 2006 PROÍBE.

    Art. 2º Ficam proibidas, em todo o território nacional, as drogas, bem como o plantio, a cultura, a colheita e a exploração de vegetais e substratos dos quais possam ser extraídas ou produzidas drogas, ressalvada a hipótese de autorização legal ou regulamentar, bem como o que estabelece a Convenção de Viena, das Nações Unidas, sobre Substâncias Psicotrópicas, de 1971, a respeito de plantas de uso estritamente ritualístico-religioso.

Comentários:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s