O que as Marchas da Maconha reivindicaram em 2016 no Brasil?

marcha 4.png

Marcha da Maconha São Paulo em 2015 | Foto: Reprodução Facebook

Se você constrói algum coletivo ou movimento antiproibicionista, com certeza já ouviu algumas pessoas afirmando a Marcha da Maconha como um movimento que “só quer saber de fumar seu baseadinho em paz” e que não se importa com a criminalização da pobreza decorrente da guerra às drogas, muito menos o extermínio da juventude negra.

Fizemos um levantamento dos temas e manifestos de 29 Marchas da Maconha que acontecerão no Brasil em 2016 e pudemos perceber que esse tipo de discurso que tenta desqualificar a Marcha da Maconha como um movimento despolitizado provavelmente é fruto de desinformação ou pior: preconceito.

Temas da Marcha da Maconha em 2016

Praticamente todos os temas deste ano denunciam o alto índice de violência e mortes decorrente da guerra às drogas. Alguns falam especificamente do “genocídio do povo negro” e da necessidade de “paz na quebrada” e nas “periferias”. Em Niterói/RJ a Marcha da Maconha esse ano será em apoio à Campanha Nacional pela Liberdade de Rafael Braga. Já em Recife/PE a Marcha de 2016 será nacional e unificada durante o I Encontro Nacional de Coletivos e Ativistas Antiproibicionistas, espaço de organização e planejamento do movimento que luta pelo fim da guerra às drogas no Brasil.

A Marcha da Maconha é hoje um dos maiores movimentos de juventude do mundo e está organizada em mais de 30 cidades do Brasil. Em cidades como São Paulo, já coloca mais de 30 mil pessoas nas ruas todos os anos durante o “Maio Verde”.

Confira a lista de temas deste ano:

01) Marcha da Maconha São Paulo/SP:
“Fogo na bomba e paz na quebrada! – Maconha é mato, o Estado mata”

02) Marcha da Maconha Rio de Janeiro/RJ:
“A proibição mata todo dia!”

03) Marcha da Maconha Salvador/BA:
“Chega de criminalização da pobreza, genocídio do povo negro e encarceramento em massa. Exigimos o fim da guerra às drogas!”

04) Marcha da Maconha Porto Alegre/RS:
“Que dê fim à guerra às drogas e à criminalização que encarcera e mata a juventude pobre e em sua maioria negra”

05) Marcha da Maconha Belo Horizonte/MG:
“O Brasil possui a quarta maior população carcerária do mundo e grande parte dessas prisões se deve à proibição da maconha e de outras drogas”

06) Marcha da Maconha Fortaleza/CE:
“Pelo fim da guerra às drogas!”

07) Marcha da Maconha Florianópolis/SC:
“Regular é ser responsável!”

08) Marcha da Maconha Brasília/DF:
“Rumo ao fim da “guerra às drogas”. Queremos a legalização da maconha por completo e para seus mais variados fins, do uso medicinal ao recreativo”

09) Marcha da Maconha Recife/PE:
*Marcha da Maconha Nacional unificada no I Encontro Nacional de Coletivos e Ativistas Antiproibicionistas.

10) Marcha da Maconha Teresina/PI:
“Caminhamos pela legalidade”

11) Marcha da Maconha Manaus/AM:
“Desmistificando preconceitos”

12) Marcha da Maconha Vitória/ES:
“Defendemos fim da guerra aos pobres e pretos, cultivo caseiro, uso medicinal, recreativo e a legalização da maconha e de todas as outras drogas”

13) Marcha da Maconha João Pessoa/PB:
“Pelo fim do encarceramento da população jovem, pobre, preta e periférica!”

14) Marcha da Maconha Belém/PA:
“Basta de guerra na periferia, queremos paz e liberdade!”

15) Marcha da Maconha Natal/RN:
“A população pobre e negra continua a ser a mais atingida pelas mazelas sociais causadas por essas leis”

16) Marcha da Maconha Campo Grande/MS:
“Libertar a consciência, combater a violência! – Chega de guerra aos pobres e periféricos, chega de encarceramento da juventude!”

17) Marcha da Maconha Macapá/AP:
“Descriminaliza STF – Julgue a nossa pauta!”

18) Marcha da Maconha Maringá/PR:
“Chega de criminalização da pobreza, genocídio do povo negro e encarceramento em massa. Chega de morte. Exigimos o fim da guerra às drogas!”

19) Marcha da Maconha Niterói/RJ:
“Helicoca ou Pinho Sol – Quem é o traficante? (em apoio à Campanha Nacional pela Liberdade de Rafael Braga Vieira)

20) Marcha da Maconha Baixada Fluminense/RJ:
“A proibição mata todo dia!”

21) Marcha da Maconha Ilha do Governador/RJ:
“À luta! Legalize já!”

22) Marcha da Maconha São Carlos/SP:
“Mais Conha, Menos Cunha!”

23) Marcha da Maconha Ribeirão Preto/SP:
“Pelo fim da guerra”

24) Marcha da Maconha São José do Rio Preto/SP:
“Nas ruas pela legalização da maconha e o fim da guerra às drogas!”

25) Marcha da Maconha São José dos Campos/SP:
“Queremos acabar com o tráfico, a repressão contra o usuário, a criminalização da pobreza e o genocídio da juventude negra”

26) Marcha da Maconha Contagem/MG:
“Queremos pôr fim a uma guerra que tem como vítimas principais a juventude pobre e negra do nosso país.”

27) Marcha da Maconha Pelotas/RS:
“Pela liberdade, autonomia e pelo fim das opressões”

28) Marcha da Maconha Três Fronteiras (Foz do Iguaçu/PR):
“Legalize-já!”

29) Marcha da Maconha Campinas/SP:
“Não basta descriminalizar, tem que legalizar!”

*Nem todas as marchas estão listadas, mas todas as frases são os temas ou trechos de manifestos do ano de 2016.

Comentários:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s